Crônica

Um dia antes de tomar a vacina, Adriana mandou mensagem para Leandro: “Oi. Quanto tempo! Amanhã tomo a vacina. E vc, quando vai?”.

Bruno e Luiz voltaram a sair. Estavam separados, mas foram vacinados no mesmo dia e resolveram dar um trégua na briga para comemorar.

Fábio pediu desculpa para Cristiane, depois de quase cinco anos sem se falar, no dia seguinte que se vacinou. Sentiu que foi um exagero da parte dele ter cortado relações.

Roberto conheceu Elizabeth na fila para a primeira dose da imunização . Se reencontraram, vinte dias depois, na aplicação da segunda dose. Estão morando juntos há um mês. É a primeira namorada dele desde que ficou viúvo há oito anos atrás.

“Seguro morreu de COVID-19 também, viu!”, disse Felipe, que tomou a vacina de dose única, ao avisar Fabíola que em uns vinte dias estaria tudo ok para o primeiro encontro. Eles não se conheciam pessoalmente, apesar de estarem conversando há seis meses por mensagens.

Dona Luiza foi à praia depois que se vacinou com a segunda dose. Ela só tinha visto o mar na lua de mel, há cinquenta e dois anos atrás. Seu marido foi uma das primeiras morte por COVID-19 em Minas Gerais.

Quando Juliana viu a foto de Rafael com o cartão de vacinação na rede social, mandou corações e avisou que estava livre à noite

Priscila e Janaina eram amigas na infância. Brigaram na adolescência e foram tomar um café recentemente, quando uma delas deixou a outra entrar na fila do posto. “ Sei que é errado, mas eu fiquei tão feliz de te ver que queria te ajudar” — contou.

Dayane nunca postou no Instagram foto tomando vacina. Ela “furou” a fila com atestado falso de comorbidade . Arrependida, entregou 5 cestas básicas em uma ONG. Postou a foto da ação solidária.

Duarte foi embora da fila quando a vacina da Pfizer acabou no posto. Não contou para ninguém que se recusou a tomar Coronavac. Para sua esposa, disse que as vacinas tinham se esgotado na UBS, que então fez uma denúncia ao SPTV. O apresentador leu seu tuite ao vivo.

André comprou um pack de cerveja Blue Moon e presunto parma na volta pra casa, após chorar enquanto tomava a vacina. Nunca tinha experimentado nada disso.

Ronaldo, 78 anos, se vacinou contra a Covid-19 só na semana passada. Não acreditava na vacina, mas foi proibido de entrar na pescaria anual com amigos, no Mato Grosso, caso não estivesse imunizado. “ Nem no puteiro você vai poder entrar” — disse seu irmão de 65 anos.

Jornalista. Por aqui: crônicas, uns reviews, alguns textos sobre músicas e mais desabafos. Enfim, um lugar para escrever.

Jornalista. Por aqui: crônicas, uns reviews, alguns textos sobre músicas e mais desabafos. Enfim, um lugar para escrever.